quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009


Os dias tem sido azuis, contrariando a meteorologia pessimista.
O sol invadiu o quarto e a vida. Deixei de lado o chapéu e o Sundown: a insolação é muito bem vinda.
Tudo em mim, de relutância à descrença, percebeu-se fotofóbico por ser Ela toda claridade, toda fosforescência; ser um prisma invadido da luz de todos os sóis.
Tudo de assombro e espanto, de monstros embaixo da cama e coisas que tiram o sono foi parar no antiquário à espera de quem os abrigue. [Não há tempo ou espaço pra tais quinquilharias.]
Tudo de riso e de canto me tomou a alma e a casa, e a vida de agora em diante, há de ser uma obra de arte repleta de lilases e verdes, vermelhos e roxos e de todos os tons da paleta de cores.
Sim, eu estou encantada pela beleza das coisas.
É como ser daltônico e ver o primeiro arco-íris depois de curado.
Há um verão dentro de mim e é tudo incandescência e pulsação.
Tudo anda a vibrar e a tamborilar no peito.

Talvez seja o carnaval, talvez seja só o amor.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009




"..não vou tomar nenhuma medida drástica, a não ser continuar,
tem coisa mais autodestrutiva do que insistir sem fé nenhuma?.."

[Caio Fernando Abreu – Morangos Mofados]

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009


"Agora eu vou cantar pros miseráveis
Que vagam pelo mundo derrotados
Pra essas sementes mal plantadas
Que já nascem com cara de abortadas

Pras pessoas de alma bem pequena
Remoendo pequenos problemas
Querendo sempre aquilo que não têm..

..vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem.."


[Cazuza]


*tente novamente.

domingo, 15 de fevereiro de 2009






Vê? olha lá o desassossego acenando de novo pra mim..

Fico por aqui sentindo os efeitos colaterais desse sentimento que é nosso.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009




"..Will you love me in the morning
When it's far too early
And you hate the place and work
You have to go to at nine?

Will you love me in the morning
When the coffee's cold, the paper's late
The rain keeps pouring for the third day straight?

Will you love me in the morning
When it's hard to make things work out?
When it's so hard make things work out...

Will you love me in the morning
When we've had a fight and I
Have told you things you know I never really meant?

Will you love me in the morning
When you've been awake since three
And there's no hope in making up the lack of sleep?

Will you love me in the morning
When it's hard to make things work out?
When it's so hard make things work out.."


[Acid House Kings]


*saudade, sempre saudade.